/** * Script para o Google AdSense * */

ACUPUNTURA JAPONESA vs ACUPUNTURA CHINESA

Embora a acupuntura tenha sido originada na China há muitos milhares de anos, a acupuntura japonesa tem por base a integração com a prática clínica moderna, isto é, sem esquecer o estudo clássico, buscam actualizá-lo para a realidade da clínica

Quando se pensa em acupuntura, é natural pensar na chinesa.

Muitas pessoas não estão familiarizadas com esta forma de tratamento terapêutico,a versão japonesa. Ambas as formas têm suas raízes no Oriente, mas a semelhança maior é encontrada apenas no nome.

As diferenças entre os métodos de acupuntura chinesa e japonesa são detalhados abaixo:

  • O tamanho das agulhas: Os japoneses tendem a usar agulhas mais finas e mais pequenas do que os chineses, como resultado, a colocação da agulha é sentida muito reduzidamente ou mesmo nenhuma.
  • O método de inserção: O uso de tubos numa liga de metal japonês ou tubos de plástico para orientar as agulhas na pele, uma técnica que é projetada para melhorar a precisão e reduzir a dor. As agulhas também são descartáveis, limpas, esterilizadas e livres de infecção.
  • A profundidade da inserção da agulha: As agulhas da acupuntura japonesa são inseridas mais suave e superficialmente (não aprofunda) do que o método chinês.
  • O uso de ervas: os acupuntores chineses dependem de uma combinação de agulhas e ervas para curar ou prevenir doenças e aflições, as ervas são uma parte essencial do conceito da Medicina Tradicional Chinesa. No estilo japonês, por outro lado, normalmente não utilizam qualquer tipo de ervas em conjunto com a acupuntura, mas remetem para um praticante especialista Kampo (Herbal) que as qualificações incluem licenciamento em Farmácia.
  • Menos sensação de KI: A sensação que se sente quando as agulhas são inseridas e manuseadas na posição, a sensação do KI ou Chi (energia universal) não é tão forte no estilo japonês como é com a versão em chinesa.
  • A dependência do toque: acupuntores japoneses recorrem ao tato, invés do olhar, para decidir sobre os pontos de entrada para as agulhas. Cada ponto de acupuntura é palpado antes da agulha ser inserida.
  • O uso da moxa: A maioria dos acupuntores japoneses usam a moxabustão como parte de sua rotina de acupuntura. Esta técnica envolve o aquecimento dos pontos de acupuntura pelo queimar da moxa, que pode ser directo ou indirecto (para saber mais sobre a aplicação da moxa clique aqui), derivado da planta artemísia, em cima da pele antes das agulhas serem inseridas.

Decidir sobre qual método de acupuntura que é mais adequado a si é uma questão de escolha pessoal e que depende de vários factores.

Antes de iniciar o tratamento, esclareça todas as duvidas com o especialista sobre o método de tratamento, estou certo que o acupuntor estará disponivel para as esclarecer.

Subscreva a nossa Newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações do nosso Centro.

You have Successfully Subscribed!

Pin It on Pinterest

Share This